Postagens | Dicas blog, Imagem, Pc Windows

14 ações de parlamentares contra Sérgio Moro são sepultadas pela CNJ

Antes mesmo de Lula entrar com ação na ONU - que não passa de marketing para se vitimizar -, 14 ações de políticos, a maioria senadores contra Sérgio Moro foram julgadas improcedentes. Isso é tática de perseguição judicial, as acusações contra o PT e petistas são pesadas porque a corrupção foi enorme, não podendo se defenderem delas, atacam o juiz e a justiça. Bem como Paes e Lula conversavam em gravações da Lava Jato que foram divulgadas, ambos agindo como velhos coronéis diziam que bom era colocar o pessoas da PF e MP em seus devidos lugares, é a típica frase de quem vê nos outros uma inferioridade, no caso, a justiça, é quem deve se curvar aos poderosos políticos.

Corruptos do PT perseguem juiz Sérgio Moro
Petista já condenada
No caso dos 14 contra Moro, é um alívio por ver os corruptos perdendo, mas, isso não indica que tenha sido a última tentativa suja dos cleptocratas em usar de seu poderio para atacar investigações e agentes públicos que lutam pelo Brasil e contra a impunidade. A lista dos 14 está mais abaixo.
Leia o que explica 'JornaLivre':
Uma das principais táticas dos grupos políticos totalitários é tentar vencer seus adversários lançando sobre eles uma quantidade enorme de processos judiciais, sem a expectativa de vê-los avançar, mas com o único fito de dar trabalho ao oponente. Ao tentar lidar com a batelada de processos judiciais, o adversário perderia, assim, a condição de atuação.

Diversos políticos petistas e seus aliados – muitos deles investigados na Lava Jato – tentaram essa tática contra o juiz Sérgio Moro, ao protocolarem mais de uma dezena de ações ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça). Mas a tática fracassou, pois, como se lê no Diário do Poder, o CNJ já julgou improcedentes 14 dessas ações.

    Lista dos 14 parlamentares que atacaram Sérgio Moro

  1. Gleisi Hoffmann petista do Paraná. Precisa ainda devolver 2 milhões de desvios dela ou do marido, mas usado na campanha dela. Eis o 'Custo Brasil'
  2. Humberto Costa do PT, de São Paulo
  3. Lindbergh Farias, com nome envolvido em mensalinho, do PT
  4. Telmário Mota, PDT de Roraima. Eleito senador em 2014, poderá ficar até 2022, até lá, ao menos poderia nos poupar das mentiras dizendo que o FBI é culpado pelo afastamento da Dilma Rousseff. Se a PF não encontrar provas que o leve ao mesmo caminho tomado pela esposa, prisão.
  5. Angela Portela, do PT de Roraima
  6. Donizeti Nogueira, PT em 1983. Em 2015 como suplente de Kátia Abreu assumiu a vaga de senador pelo Tocantins.
  7. Fátima Bezerra, do PT do Rio Grande do Norte. Pode fazer todo tipo de merda, ficará no mandato por 8 anos, é o maldito tempo que ficam senadores.
  8. José Pimentel, advogado, bancário do PT, Ceará...
  9. Paulo Rocha do PT do Pará, mais um para fazer merda até 2022 a menos que..., foi eleito em 2014
  10. Jorge Viana do PT do Acre
  11. Regina Sousa do PT do Piaui, 'presentinho' deixado por Wellington Dias. Suplente de bolivariano, bolivariano é?
  12. Lídice da Mata é do PSB da Bahia
  13. Roberto Requião. Por muitos é visto como petista mais bolivariano do PMDB
  14. Vanessa Grazziotin, senadora comunista do PCdoB do Amazonas


Nenhum comentário:

Postar um comentário

→Dê sua opinião. Faça comentário relacionado ao post.
Comentário com e-mail será excluído
Antes de perguntar leia o texto até comentários e pesquise, a resposta virá no comentário, para ser avisado use uma conta e o link: Subscribe by email(abaixo)
Será excluído comentário não relacionado ou com Url de blog/site(Divulgar? Clique)

Comentário reflete a opinião do comentarista. Desde já, Obrigado!

Postagens Populares